Logo

Back

371 - Os ¿brasileiros¿ enquanto agentes de mudança: assistência e poder (séculos XVII-XX)

19.07.2012 | 08:00 - 13:30

Convener 1: Lobo, Marta (Universidade do Minho , Braga, Portugal / Portugal)
Convener 2: Esteves, Alexandra (Universidade do Minho, Braga, Portugal / Portugal)

O nosso simposio pretende discutir o impacto dos “brasileiros” na sociedade portuguesa, nomeadamente no que se refere à mobilidade social e às preocupações por eles demonstradas entre os séculos XVII e XX.

Os “brasileiros”, isto é, os portugueses emigrantes e regressados do Brasil, quando granjearam fortuna, preocupados com a salvação da alma, mas também com o bem-estar social, deixaram parte ou a totalidade da sua riqueza para promover acções de solidariedade, criando ou incrementando instituições de assistência ou ainda distribuindo ajuda aos mais necessitados. Empurrados pela pressão demográfica e pela pobreza, partiram na esperança de novas oportunidades e de enriquecimento. Radicados inicialmente no Nordeste brasileiro e ligados à grande lavoura e à cana açucareira, fizeram fortuna depois na região de Minas Gerais, Goiás e Matogrosso, onde o ouro e os diamantes desenvolviam a colónia e fascinavam novos emigrantes. Se durante os séculos XVII e XVIII os testamentos evidenciam manifestações de ajuda aos mais necessitados, nos séculos seguintes as preocupações alteraram-se. No século XIX, o volume de “brasileiros” aumentou. Nesse período, os investimentos dos regressados direccionaram-se principalmente para a criação de escolas, asilos, hospitais, aulas públicas, etc. Ao mesmo tempo, transformaram-se em agentes de mudança e de mobilidade social. Os filhos da classe média e mesmo de gente humilde, regressavam com um novo estatuto e operavam profundas transformações nos meios que os viram partir, mas também em outras localidades. Ricos e poderosos, afirmaram o seu poder através da implementação de grandes obras, de gestos de bem-fazer, actos repletos de simbolismo, que os fizeram recordados como grandes beneméritos e agentes de mudança.

Keywords: mudança, "brasileiros", poder e assistência

Title Author Country Co-Author
3312 - Vianenses no Brasil, brasileiros em Viana. Do sucesso económico ao reconhecimento local (séculos XVII - XVIII) Magalhães, António Portugal / Portugal
3313 - O impacto dos ¿brasileiros¿ na assistência a nível local: o legado de Bento da costa Tição (séculos XVII-XVIII) Barbosa, António Portugal / Portugal
3314 - Atravessar o atlântico: alcançar o sucesso ou perpetuar as dificuldades? Silva, Ricardo Portugal / Portugal
3315 - Salvar a alma e socorrer os necessitados ao emprestar capital a juro: a gestão do legado do brasileiro Cipriano Gomes Claro por uma Misericórdia portuguesa (1738-1760) Ramos, Odete Portugal / Portugal
3316 - Legados que atravessam mares protegendo pobres de uma terra lusa. Fernandes, Sofia Portugal / Portugal
3318 - A intervenção dos brasileiros nas instituições de assistência à saúde no Norte de Portugal (século XIX). Esteves, Alexandra Portugal / Portugal
3319 - António Ferreira Lopes: o legado de um ¿brasileiro¿ imbuído dos ideais republicanos Coelho, José Abílio Portugal / Portugal
3341 - Na despedida da vida terrena: as preocupações do ¿brasileiro António Portela em meados do século XVIII Lobo, Marta Portugal / Portugal
6292 - Rede migratória, integração social e refluxos. Da ruralidade minhota à elite intelectual do Rio de Janeiro. Estudos de caso. Jorge Fernandes, Alves Portugal / Portugal Pacheco, Elsa (Faculdade de Letras da Universidade do Porto, CEGOT, Porto, Portugal / Portugal)
10780 - Os portugueses na Misericórdia do Rio de Janeiro, 1800-1822 Franco, Renato Brazil / Brasilien

Back

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575