Logo

Back

456 - ecopolítica. govenamentalidade planetária, novas institucionalidades e resistências na sociedade de controle

20.07.2012 | 08:00 - 13:30

Convener 1: Passetti, Edson (PUC-SP , Sao Paulo-SP, Austria / Österreich)

Na sociedade disciplinar a biopolítica constituiu-se como controle da   população como corpo espécie, correlata aos dispositivos disciplinares que   atuavam sobre o corpo, útil e dócil, e aos dispositivos de segurança   internos (polícia) e externos (diplomáticos-militares) sobre o território.   Configurou-se uma governamentalidade baseada na conduta pastoral relativa ao   governo de si e ao governo dos outros. Constituíram-se relações de saber e   poder que ordenaram as normalizações diante dos perigos à sociedade. Na   sociedade de controle, que emerge após os acontecimentos decorrentes do   final da II Guerra Mundial, acompanhados pelas ameaças nucleares à ecologia   em todo o planeta, constata-se, segundo a organização computo-informacional   das relações de poder, o deslocamento gradual do controle sobre o corpo   máquina, útil e dócil, para o da produtividade das inteligências. A   população, em seu território, cede lugar ao controle sobre o planeta e a   conquista do espaço sideral. Os programas de segurança planetária,   acompanhados dos programas de seguro pessoal, redesenham o direto de causar   a vida e deixar morrer, próprio da sociedade disciplinar, em direitos de   participação. A democracia representativa descola-se para representação e   participação e as políticas públicas se redimensionam por meio de   articulações com a sociedade civil e o empresariado. No âmbito   internacional, as relações diplomático-militares ganha um contorno   suplementar: as organizações internacionais, por meio de declarações,   tratados e direitos coordenam programas e metas para o planeta em função da   cultura da paz e da conformação de uma cidadania cosmopolita. A ecopolítica,   como alvo da transterritorialidade dos Estados, ultrapassa os limites   territoriais da soberania na qual se exercitava a biopolítica. A ecologia,   desta maneira, constitui-se numa área de conhecimento que propicia a   administração negociada dos recursos naturais e do meio ambiente e, ao mesmo   tempo, transforma-se em tema catalizador de resistências que vai das   reprimendas liberais, aos "verdes", e à ecologia social, proposta pelos   libertários. O Simpósio pretende discutir os efeitos do desenvolvimento   sustentável, da responsabilidade sócio-ambiental, da proliferação dos   direitos de minoria e a consequente democratização da produção e da   participação política, que contornam os limites das resistências e dos   dispositivos de segurança; analisar os desdobramentos dos monitoramentos de   condutas a partir da disseminação dos "cares", da auto-ajuda, do   policiamento de cidadãos por cidadãos; problematizar a possível configuração   das periferias das cidades e dos condomínios como campos de concentração a   céu aberto e suas ressonâncias provocadas pela penalização ampliada, sob a   forma de penas alternativas e judicialização; debater as implicações desse   novo exercício da cidadania.

Title Author Country Co-Author
1660 - Ética, Responsabilidad y Evaluación del Impacto ambiental: categorías integradoras de la acción responsable García López, Irma Eugenia Mexico / Mexiko González Carmona, Emma
4694 - Uma Genealogia da Redução de Danos ROSA, Pablo Brazil / Brasilien
6378 - Ecopolítica, direitos e vulnerabilidades lazzari, márcia cristina Austria / Österreich
8473 - Ecopolítica e segurança climática Rodriques, Thiago Brazil / Brasilien
8808 - GOVERNAMENTALIZAÇÃO DA AMAZONIA carneiro, beatriz scigliano Brazil / Brasilien
9155 - Procedências siderais das sociedades de controle e Ecopolítica Leandro Alberto, de Paiva Siqueira Brazil / Brasilien
9777 - Política, polícia, controle eletrônicos e anarquia. Acácio, Augusto Brazil / Brasilien
10546 - Autogestión del agua potable y vulnerabilidad ecológica en barrios autoconstruidos PARADA, ELSY Mexico / Mexiko
10575 - Política, neurociência e governos de misérias Salete, Oliveira Brazil / Brasilien
11098 - Políticas Públicas no Brasil - um novo agenciamento andreazza morbin, olda Brazil / Brasilien

Back

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575