Logo

8182 - PRÁTICAS DISCURSIVAS EM CONTEXTO DE EDUCAÇÃO NÃO FORMAL: UMA EXPERIÊNCIA DE LETRAMENTO NO COMPLEXO DA MARÉ - RIO DE JANEIRO

As transformações ocasionadas pela revolução tecnológica nas relações sociais, em especial àquelas que dizem respeito ao mundo do trabalho, trouxeram mudanças no processo produtivo: o desemprego estrutural, a exigência de especialização em qualquer área de atuação, a falta de perspectivas de inserção no mercado de trabalho. Diante disso, é preciso entender que a cultura da globalização impôs novas regras e que pensar criticamente essa nova realidade é o desafio que se apresenta aos educadores. Urge que o estudante/profissional contemporâneo desenvolva competências e habilidades necessárias para o enfrentamento da nova ordem social e produtiva. Um dos caminhos, ao lado da educação formal, é viabilizar projetos de educação não formal, contextualizados, que atendam aos anseios e necessidades das comunidades locais. Este trabalho tem como objetivo analisar práticas discursivas orais e escritas resultantes de atividades de letramento realizadas pelo Projeto LETRAGUIA , desenvolvido pelo curso de Mestrado Profissional em Desenvolvimento Local do Centro Universitário Augusto Motta, localizado na cidade do Rio de Janeiro (Brasil). Tal projeto liga-se a um projeto maior de inserção social do curso - Projeto Cheiro de Vida -, que implantou, na comunidade Nova Holanda - Complexo da Maré, uma unidade piloto para gestão, produção e comercialização de artesanato com o uso de plantas medicinais (aromáticas). Em encontros semanais, o letramento se desenvolve a partir de textos de variados gêneros que circulam no domínio discursivo do trabalho, em especial do trabalho cooperativo. Este estudo, fundamentado na concepção de gêneros do discurso de Bakhtin (2000) , nos trabalhos de Soares (2003; 2009), Rojo (2008; 2009), Marcuschi (2008), entre outros, pretende avaliar textos orais e escritos de diferentes gêneros discursivos, produzidos pelos sujeitos participantes, bem como refletir sobre práticas de letramento em contextos de educação não formal.

Palabras claves: Letramento; produção textual; educação não formal

Autores: Ana Maria Pires, Novaes (Centro Universitário Augusto Motta - UNISUAM, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575