Logo

6406 - Pesquisa em Educação: Ensaios a partir de uma pesquisa-experiência em torno de uma educação menor.

No âmbito das práticas de pesquisa em educação, temos encontrado, ao longo do tempo, um modo de produção do conhecimento que se centra predominantemente nos modelos de uma pesquisa aliada aos cânones de uma forma dada e prevista de fazer pesquisa. Estas maneiras de produção do conhecimento geralmente se alinham aos modelos das Ciências Naturais e se pautam em tratar o fenômeno como ‘dados’ a serem analisados, categorizados, interpretados. O presente trabalho tem como objetivo apresentar uma reflexão que não se pauta nestes modelos, mas que, para além de propor outro modelo, investe nos saberes , na sua produção e em sua circulação . Na esteira do ensaio anarquista epistemológico de Paul Feyerabend e seu Contra o Método e dialogando com autores como Gilles Deleuze, Giorgio Agamben e Michel Foucault, este trabalho nos convoca a pensar a pesquisa como experiência, como acontecimento e o texto (produção e modos de circulação dos saberes) como ensaio. Partindo de uma pesquisa realizada com produção imagética de crianças em que elas próprias produzem suas imagens e nos convidam a uma educação do olhar e dialogando com interfaces entre cinema, educação e poesia o trabalho procura configurar elementos em que, outras possibilidades de fazer pesquisa em educação se apresentam colocando não só a educação naquilo que poderíamos chamar de uma educação menor em torno de uma pedagogia pobre, mas também uma ciência menor em torno de uma pesquisa experiência.

Palabras claves: Pesquisa, experiência, anarquismo, infância.

Autores: Leite, Pereira (UNESP, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575