Logo

9441 - A interiorização da Pesquisa e da Pós-Graduação no Brasil: o caso dos Programas de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional

A partir de meados dos anos 1990 o debate em torno do Desenvolvimento Regional no Brasil adquire nova relevância, pautado por questões relacionadas à dinâmica da configuração do território pelas forças produtivas, juntamente com uma tomada de consciência, por parte de grande parte da sociedade, a respeito da sua diversidade sócio-cultural e ambiental. Esse processo vem acompanhado do surgimento de Universidades, muitas das quais fortemente comprometidas com as características regionais do seu entorno. É um processo que vem sendo qualificado como “interiorização” do ensino superior no país. Em 2000 havia 13 cursos de mestrado e doutorado na Área do Planejamento Urbano e Regional e em 2008 esse número passou para 32 cursos, o que significa um aumento de quase 150%, expressando o crescente reconhecimento dos problemas urbanos e regionais que o país enfrenta, além das transformações pelas quais a área passa em termos dos campos de atuação, temáticas, naturezas e localização dos seus cursos. Nesta pesquisa procura-se compreender o perfil e a localização das Universidades que criam PPG em Desenvolvimento Regional, o referencial teórico que dá suporte às propostas, a sua inserção regional e sua contribuição para o avanço do conhecimento na área. A representação cartográfica desse processo evidencia que o acesso à Universidade, historicamente concentrado nas áreas metropolitanas da faixa litorânea do país, avança gradualmente para o interior do território, processo no qual os Programas de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional têm cumprido um importante papel.

Palavras-chaves: Universidade, pós-graduação, desenvolvimento regional.

Autores: Etges, Virginia (Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575