Logo

3817 - Dilemas da interculturalidade na educação escolar para povos indígenas

Discussão sobre práticas relacionadas à educação escolar para povos indígenas no Brasil. Toma como base os dilemas implicados na execução de uma proposta de educação escolar intercultural. O foco da análise é o desencontro entre saberes e poderes na implantação da educação intercultural que se dá na relação entre o campo burocrático da sociedade brasileira e as formas de organização das sociedades indígenas. Baseia-se em etnografias realizadas entre três povos indígenas que vivem no Maranhão-Brasil, privilegiando as observações relativas ao lugar do professor indígena como um espaço de fronteira entre formas organizacionais distintas, assim como a construção do curriculum escolar e da merenda escolar. Os povos considerados na análise são falantes de língua Tupi, no caso dos Tentehar/Guajajara, e Gê, no caso dos Ramkokamekra/Canela e dos Krikati. A dinâmica de implantação das escolas nas aldeias indígenas tem provocado transformações no campo burocrático da sociedade brasileira e nas formas de organização indígenas que são tomadas como objeto de reflexão.

Keywords: Educação, Interculturalidade, povos indígenas

Author: Coelho, Elizabeth (Universidade Federal do Maranhão, Brazil / Brasilien)

Back

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575