Logo

7793 - Gênero e sexualidade na TV brasileira a partir de Malu Mulher (1979-80)

Este trabalho visa discutir a relação entre mídia e a produção de construções de gênero e sexualidade a partir do caso de "Malu Mulher", seriado exibido entre 1979-1980 pela Rede Globo, a emissora de maior audiência no país, responsável pelas telenovelas de grande sucesso. Considerado como pioneiro e ousado por sua simpatia a certos temas da agenda do movimento feminista, o seriado é analisado aqui como parte de algumas transformações nas construções de gênero hegemônicas da teledramaturgia desta emissora, o que afetou também os valores da sociedade brasileira. O estudo trata do conteúdo do seriado em termos de gênero e sexualidade a partir da história de sua produção, como o seriado teve impacto na arena pública no período em que foi exibido (notável através da imprensa escrita) e interpretação deste conteúdo por algumas espectadoras, mulheres urbanas de camadas médias, público que o seriado visava atingir. Após este seriado, as heroínas das telenovelas sofrem algumas transformações, que se tornam ao spoucos ocnvenções hegemônicas na teledramaturgia, como o tratamento dado ao trabalho feminino e à sexualidade, que passa a ser tratada como uma esfera de autonomia e escolha feminina. Alguns temas que pareciam polêmicos na época só foram retomados pela televisão no final dos anos 1990, comoa apresença de casais homosexuais nas narrativas, ou jamais repareceram, como o tema do aborto voluntário.

Keywords: genero, sexualidade, televisão, Brasil, feminismo

Author: Buarque de Almeida, Heloisa (Universidade de São Paulo, Brazil / Brasilien)

Back

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575