Logo

7661 - Sexo, dinheiro e afetos-Tensões globais e desejos coloniais nas relações entre clientes espanhóis e travestis brasileiras

As viagens de travestis brasileiras para a Espanha a fim de engajarem-se no mercado transnacional do sexo intensificaram-se neste século, chamando a atenção de pesquisador@s, assim como da imprensa brasileira e espanhola. Via de regra, estas últimas têm abordado assunto associando tal fenômeno ao tráfico de seres humanos, ao engodo e à criminalidade. Raramente os discursos reverberados pelos media têm considerado as motivações das travestis e seu poder de escolha ao empreenderem tais deslocamentos. Tampouco problematizam a demanda daquele mercado em relação ao tipo de corporalidade e serviços que as brasileiras estão dispostas a oferecer. Neste trabalho procuro oferecer outras chaves de entrada no tema, concentrando-me nas relações afetivo-sexuais que nascem do encontro entre clientes espanhóis e travestis brasileiras. Interesso-me, particularmente, pelo que dizem os clientes sobre seus desejos, medos e proezas, suas dúvidas e impressões acerca de assuntos diversos que ocupam arenas virtuais. O lugar privilegiado de investigação são fóruns especializados, alocados em guias eróticas bastante conhecidas entre clientela e scortes. A partir dos temas discutidos ali é possível ampliar o campo de análise das relações sexuais/comerciais, localizando-as em um cenário amplo, no qual questões políticas transnacionais, relações coloniais pretéritas e afecções pessoais se cruzam com temas econômicos e políticos do presente. Assim, masculinidade e crise econômica, sexo, dinheiro e amor, raça,nacionalidade e processos migratórios, podem ser tratados como temas que se entramam e podem nos ajudar a conferir dimensão política ao desejo.

Palavras-chaves: Mercado transnacional do sexo, travestis brasileiras, guias eróticas, desejos coloniais

Autores: Pelucio, Larissa (Unesp, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575