Logo

4312 - Casamentos mistos, gênero e migração: o caso das brasileiras residente na Guiana

Este trabalho se concentra sobre as imigrantes nascidas no Brasil vivendo na Guiana e que são em uma união mista. Esta apresentação examina as relações entre os casamentos mistos, o gênero e as migrações. Nossa abordagem, Franck Temporal e Dorothée Serges, é levantar um corpo de datas quantitativas : INED "Migração, Família e Envelhecimento" e de 60 entrevistas qualitativas com mulheres nascidas no Brasil que vivem na Guiana– ambas complementares numa perspectiva original tanto no tópico como na forma de tratá-lo. O método que foi favorecido é uma análise comparativa entre quatro tipos de casais segundo a origem do cônjuge: cônjuge nascido no Brasil, na Guiana, na França metropolitana ou num país estrangeiro. Esta apresentação centra-se especificamente na formação e nas características socio-econômicas dos casais e dos padrões de migração de imigrantes por tipo de união. O objetivo é avaliar em que medida viver em uniões mistas é um fator que influencia as condições de vida sócio-econômica e global das mulheres nascidas no Brasil que vivem na Guiana. A escolha do cônjuge, desde sua origem, pode ser visto como uma estratégia matrimonial para uma dupla de mobilidade para cima?

Palavras-chaves: Gênero, Migrantes brasileiras, Casamentos mistos, Autonomização econômica, Guiana francêsa

Autores: Serges, Dorothée (CREDA UMR7227, France / Frankreich)
Co-Autores: Temporal, Franck (INED, Paris, France / Frankreich)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575