Logo

7036 - Estéticas e políticas triunfantes do corpo masculino no Brasil

A partir dos Estudos sobre a História do Corpo, o trabalho problematiza fronteiras identitárias triunfantes do corpo masculino no Brasil no começo do século XXI. O objetivo é discutir processos culturais que resultam em estéticas difundidas em diversas representações midiáticas e hegemônicas do corpo, com destaque naquelas que apontam efeitos da ocidentalização na cultural corporal brasileira. O trabalho descreve e analisa formas de governo e cuidado do corpo que ressaltam fenômenos da vida urbana nos quais a corporalidade é construída e festejada como entidade que fala por si mesmo das lutas estéticas, políticas, religiosas e tecnológicas. O trabalho defende o argumento de que os acercamentos históricos, sobretudos os processos corporais europeus, ocorridos nos séculos XIX e XX, estão presentes e de certo modo condicionam as experiências do corpo e das emoções, pois se misturam amplamente com a variedade étnica, racial e cultural, colaboram para fixar e refutar normas sobre a vida das pessoas e celebram os corpos masculinos nos espaços publicitários brasileiros.

Palavras-chaves: História do Corpo. Corpos masculinos. Fronteiras identitárias. Corpos e sexualidades no Brasil

Autores: Couto, Edvaldo Souza (Universidade Federal da Bahia - UFBA, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575