Logo

8351 - Circuitos de comunicação política no império luso do século XVIII: as câmaras das Minas e o Conselho Ultramarino

O objetivo desta comunicação é apresentar alguns resultados de um projeto de pesquisa coletivo, ainda em andamento, que tem procurado estudar as formas de comunicação e a dinâmica das relações entre centro e periferias no império luso no Atlântico. Partimos da noção de monarquia pluricontinental como instrumento de análise das relações entre centro e periferia. Além de entidade geopolítica, ela é compreendida aqui como resultado de jogos políticos que envolviam elites de distintos cantos do império. Parte-se do pressuposto de que a monarquia lusa, em razão de sua natureza poli-sinodal, compreendia negociações entre segmentos sociais situados em diferentes partes do império, cada qual com seus recursos e dispostos numa estratificação cuja cabeça era o rei. Trata-se de rever, com ênfase na pesquisa empírica, as relações entre centro e periferias sob outro ângulo, isto é, não mais tendo por referência as formulações que se baseavam na oposição entre metrópole e colônias, mas na idéia compartilhada por todos os contemporâneos segundo a qual o mundo era naturalmente hierarquizado. Mais especificamente, nossa intenção neste projeto é complexificar as análises das comunicações políticas estabelecidas entre distintos pólos geográficos e institucionais da monarquia. Ou seja, como, sobre que temas e com que capacidade de intervenção as instituições estabelecidas no ultramar _ notadamente as câmaras _ se comunicavam com as instâncias centrais da monarquia. Nesta comunicação, centrando-me no século XVIII e tendo por fonte privilegiada a documentação avulsa do Arquivo Histórico Ultramarino, apresentarei alguns dados já possíveis de serem sistematizados acerca das formas de comunicação política estabelecidas entre algumas câmaras da capitania de Minas Gerais (Brasil) e o Reino, mais especificamente, entre tais câmaras e o Conselho Ultramarino. Este trabalho conta com o financiamento da FAPEMIG e do CNPq.

Palabras claves: Monarquia pluricontinental, Império Português, Comunicação política, Câmaras municipais, Minas Gerais

Autores: Almeida, Carla (Universidade Federal de Juiz de Fora, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575