Logo

6680 - Breves Reflexões sobre o luso-tropicalismo

A comunicação busca refletir sobre os limites e as possibilidades da teoria do luso-tropicalismo. Discute de que modo a noção formulada pelo sociólogo Gilberto Freyre, apesar do menosprezo sofrido durante as alterações de conjuntura internacional do último século, permitiu que Brasil e Portugal reafirmassem seus laços políticos e culturais. A reativação das relações atlânticas seguiu o ideário defendido por Gilberto Freyre, estimulando os sentimentos de pertencimento e de cultura partilhada em torno da língua comum. Nessa perspectiva, na configuração da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) o luso-tropicalismo atualizou-se legitimando o discurso de aproximação e cooperação entre os povos lusófonos. A controversa teoria de Freyre extravasou o âmbito acadêmico, atingiu o campo político e marcou, indelevemente, o domínio das representações luso-brasileiras.

Palavras-chaves: luso-tropicalismo, Gilberto Freyre, Comunidade dos Paises de Língua Portuguesa, representações culturais

Autores: Paschoal Guimarães, Lucia Maria (Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575