Logo

5907 - MÉDICOS E MULHERES EM AÇÃO: ASSISTÊNCIA À SAÚDE NA BAHIA, BRASIL, NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XX

Essa comunicação objetiva analisar o papel da elite baiana na formação de uma rede de assistência à saúde na Bahia, Brasil, em diferentes contextos: a Primeira República (1889-1930), período em que a assistência à saúde passou a ser um encargo de cada unidade federada, mas contando ainda com expressiva contribuição da filantropia e d as sociedades de auxílio mútuo, e a Era Vargas (1930-1945), época de expansão da rede pública de saúde, resultante de crescente intervenção do Estado. Apesar de refletir sobre a progressiva intervenção das instâncias públicas, analisa - se, sobretudo, o papel representado pelos médicos e mulheres de elite no processo de constituição de bens de saúde de caráter privado, mas com função pública. A motivação e a ideologia que impulsionavam tais atores serão pontos de destaque nessa discussão. Essa reflexão apoia-se em fontes primárias como as mensagens dos governadores da Bahia, a legislação que regia o setor de saúde, os jornais em circulação no estado e a documentação produzida pelas associações filantrópicas. Textos historiográficos sobre o Brasil e a Bahia, assim como os da área específica da História da Saúde, contribuíram para enriquecer essa análise.    

Palavras-chaves: saúde, assistência, filantropia, médicos, mulheres

Autores: Souza, Christiane (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575