Logo

8137 - A missão evangelizadora do espaço e da linguagem no ¿Sermão do Espírito Santo¿, de Antonio Vieira

O “Sermão do Espírito Santo” foi pregado por Vieira no Maranhão, às vésperas da partida de uma grande missão jesuítica ao Amazonas. Nele, Vieira retoma a defesa da “causa dos índios” e analisa as dificuldades da obra de conversão e catequese numa missão dessa natureza, tendo como eixos de sua argumentação a qualidade das gentes e a dificuldade das línguas e como fundamento doutrinário de sua pregação o sentido apostólico vinculado à simbologia do Espírito Santo – aquele que inspira a evangelização por todo o mundo, em todas as línguas. Surgem no texto, assim, imagens do novo mundo e de sua gente por meio de descrições e de construções analógicas que permitem verificar, por um lado, quais as impressões sobre este espaço que Vieira registra com maior vigor e, por outro, como a linguagem é forjada para articular-se e adequar-se à “expressão” dessa experiência de mundo. Disso decorre a proposta de investigar, nesta comunicação, como se dá, em Vieira, não só a caracterização e a predicação da paisagem e do espaço social que constituem o contexto de sua produção (a qual estabelece, em nossa hipótese, padrões ideológicos e estéticos compatíveis com a pedagogia jesuíta) como também analisar a construção do espaço da escrita, com o objetivo de contribuir para uma reflexão sobre a representação discursiva da identidade no Brasil colonial.

Keywords: Antonio Vieira, Sermões, espacialidade, identidade

Author: Zamboni Gobbi, Márcia Valéria (UNESP, Brazil / Brasilien)

Back

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575