Logo

10715 - Glauber Rocha: a estética do fracasso civilizatório

Em seu filme intitulado Terra em Transe, Glauber Rocha elabora uma linguagem cinematográfica cujo cerne está na elaboração de uma forma estética do fracasso civilizatório europeu na América Latina. Não é por acaso o filme focar no ponto central do espírito político da América Latina no século XX que se encontra no populismo, seja em seu viés de direita, seja em seu viés de esquerda. Deste modo, para além das preocupações, que alguns teóricos do cinema glauberiano têm de interpretá-lo como sendo uma estética terceiro-mundista, a nossa compreensão desse clássico do cinema brasileiro dos anos 60 está no modo como o cineasta bahiano aponta para as origens culturais da América Latina em seu processo civilizatório. Tal processo já nasce fracassado em suas raízes européias, pois a Europa fracassa em seu próprio processo civilizador-político: as duas grandes guerras mundiais, bem como as diversas formas de regimes autoritários que apareceram ao longo do século XX. Sendo assim o propósito em nossa comunicação é mostrar como Terra em Transe nos possibilita interpretar os movimentos políticos na Americana Latina em correspondência com a Europa, considerando-a como base histórico-conceitual para a elaboração de práticas políticas fadadas ao fracasso.

Keywords: fracasso, civlização, politica, cinema

Author: Monteiro de Araujo, Paulo Roberto (Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brazil / Brasilien)

Back

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575