Logo

3424 - A ESCOLA COMO ESPACO DE REFLEXÃO: UM ESTUDO SOBRE A CONCEPCÃO DO ESTATUTO DA CRIANCA E ADOLESCENTE

O presente texto tem como objetivo identificar a concepção que alunos do ensino médio em escolas públicas no município de Viçosa localizada no interior do Estado de Minas Gerais e o grau de conhecimento sobre o Estatuto da Criança e adolescente (ECA). Dessa forma, procuramos analisar se o referido Estatuto tem sido apropriado nos debates escolares e se revelado um referencial importante para compreensão de dos direitos e garantias que lhes são assegurados na formação de crianças e adolescentes de direto. Neste sentido, para elaboração textual, adotou-se a instituição escolar como foco de análise onde inúmeras pesquisas tentam dar respostas ao fenômeno da drogas e manifestação da violência no meio estudantil. Como instrumento de pesquisa utilizou-se um a abordagem qualitativa na analise das entrevistas e quantitativa a fim de demonstrar em gráficos o grau de conhecimentos desses jovens com o ECA, enquanto procedimento metodológico foram aplicados questionário junto a esses jovens nas escolas. Dessa pesquisa foi possível concluir de imediato que o interior do espaço escolar aparece como uma composição de resultados insatisfatórios sobre o conhecimento do Estatuto bem como da ação do Estado a fim de proporcionar com base na Lei os direitos e garantias infanto-juvenis.

Palabras claves: educação, criança e adolescencia, direitos humanos.

Autores: souza, dustan (Universidade Federal de Viçosa, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575