Logo

5333 - Neoconservadorismo e irracionalismo: direitos humanos em tempos de barbárie

Esse texto destaca a presença de pressupostos neoconservadores e irracionalistas no interior das ideologias que perpassam pelas práticas de violação de direitos humanos, no processo destrutivo de acumulação do capital (Mészáros) [1] que se evidencia desde as últimas décadas do século XX e se aprofunda no novo século.

A degradação objetiva/ subjetiva da vida humana tem revelado o caráter predatório do capital e a falácia das políticas de enfrentamento de suas crises por parte da ofensiva do grande capital. Seu resultado é o aprofundamento das desigualdades sociais, a destruição da natureza e a objetivação de formas inéditas de violência que ampliam e diversificam as violações de direitos humanos.

Práticas racistas, atentados xenofóbicos, movimentos neonazistas, ações discriminatórias evidenciam mundialmente um processo de desumanização (Marx) [2] que contraditoriamente coexiste com os movimentos de defesa dos direitos e manifestações de protesto que se intensificam na atualidade, em várias partes do mundo.

As manifestações de barbárie são influenciadas por um caldo de cultura permeado por idéias, valores e formas de comportamento veiculadas ideologicamente. Destacam-se, nesse sentido, as ideologias que se apóiam em pressupostos neoconservadores e irracionalistas, a exemplo das ideologias neoliberal e pós-moderna.

Considerando que as lutas por direitos humanos representam conquistas sócio-políticas emancipatórias dos trabalhadores e dos segmentos subalternos, apostamos na sua defesa como estratégia de enfrentamento dessa realidade adversa (Barroco) [3] . Nessa direção, a crítica ontológica do caráter conservador e irracionalista dessas ideologias pode contribuir para esse processo.

[1] O desafio e o fardo do tempo histórico . São Paulo, Boitempo, 2007.

[2] Manuscritos econômico-filosóficos (1844) .Portugal, Lisboa, Avante, 1993.

[3] “A historicidade dos direitos humanos”. In Forti V. e Guerra Y. (Org) Ética e direitos humanos: ensaios crítico s. Rio de Janeiro, Lumen Juris, 2010.

Palavras-chaves: neoconservadorismo, irracionalismo, barbárie, direitos humanos

Autores: barroco, maria lucia silva (PUCSP, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575