Logo

6463 - Mário, Oswald: criação e crítica interdisciplinares

Em vários textos, Oswald e Mário de Andrade buscam analisar o legado de outras culturas, incorporado por nossa literatura graças a uma perspectiva interdisciplinar. Nessa direção, interessam especificamente as relações inventivas e/ou críticas estabelecidas com a psicanálise, que apontam também traços importantes da constituição de nosso povo e cultura, além de divulgar o pensamento freudiano, algo recente para ambos. Entre seus escritos , “Manifesto antropófago” (1928) de Oswald e “A dama ausente” (1943) de Mário são aqui retomados como representativos de tais aspectos, revelando que a interação de campos diversos se estende ao longo do tempo, fazendo-se necessária à apreensão de um dado de nossa formação nacional e literária, até hoje discutido: a mistura.

Palabras claves: critica, interdisciplinaridade, Mário de Andrade, Oswald de Andrade

Autores: Cleusa, Passos (USP, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575