Logo

10573 - Arte, estética e religião na perspectiva do pensamento filosófico de Rubem Alves

O ser humano é um criador de mundos. Tudo o que existe ao redor do ser humano e que permeia a própria vida humana foi criado com o intuito de transformar o mundo num lar, isto é de tornar a própria vida humana possível. Isso porque a vida humana não está restrita às necessidades básicas – comer, dormir, abrigar-se – mas se estende a busca e a necessidade de sentido. O ser humano precisa de um sentido para viver e um sentido ou horizonte para o qual caminhar. Todas as criações humanas são, em diferentes proporções, reflexo dessa busca e dessa necessidade por sentido. E estas encontram expressão maior na cultura, especialmente, na arte e na religião. Nessa direção, o pensamento filosófico do teólogo, filósofo, educador e cronista do cotidiano latino-americano Rubem Alves torna-se um referencial emblemático justamente por aproximar a invenção do mundo humano à criação da arte e ao surgimento da religião. Para Alves, experiência estética e experiência religiosa se fundem e se confundem ao partirem de um mesmo princípio: a relação do ser humano com o ambiente que o cerca. Nessa direção, a proposta deste trabalho é verificar como a experiência estética e a experiência religiosa se articulam no pensamento filosófico de Rubem Alves e quais contribuições suas reflexões trazem para a compreensão do mundo humano, das produções artísticas e das aspirações religiosas que transcendem o lugar socialmente definido como religioso e se imiscuem na vida cotidiana.

Keywords: Experiência estética, experiência religiosa, arte, religião

Author: Reblin, Iuri Andréas (Escola Superior de Teologia, Brazil / Brasilien)

Back

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575