Logo

3691 - Agronegócio, Corporações Agrárias e Políticas Estatais de Pesquisa Agropecuária no Brasil (1950-2002).

O estudo contempla as relações entre sociedade civil e sociedade política no Brasil a partir de meados do século XX, do ponto de vista das políticas estatais de Pesquisa Agropecuária. Tomando como marco os primeiros convênios de cooperação bilateral firmados entre Brasil e EUA, o trabalho focaliza as transformações sofridas pelos órgãos públicos encarregados dessas políticas em decorrência da pressão política exercida pelas corporações agroindustriais no período. Assumindo que o desenvolvimento do capitalismo no Brasil foi fortemente marcado pelas atividades agroindustriais, são analisadas as formas de participação das entidades patronais agrárias junto aos organismos estatais de política agropecuária, as estratégias por elas adotadas para redefinir seus rumos e objetivos, bem como as mudanças por elas imprimidas na própria ossatura material do Estado. Para tanto são estudadas as agencias públicas responsáveis pela geração de tecnologia para o agro, mapeando-se a procedencia social e a trajetória de seus dirigentes, demonstrando sua pertinência a distintas corporações agrárias no decorrer do período, com ênfase para a Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), a Sociedade Rural Brasileira (SRB), a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e a Associação Brasileira de Agribusiness (ABAG). A pesquisa documental permite concluir que, face às disputas entre essas corporações para afirmar um projeto hegemônico de capitalização do campo, as políticas públicas de Pesquisa Agropecuária foram reconfiguradas, abandonando-se a meta inicial de privilegiar os pequenos produtores, em detrimento das grandes empresas agroindustriais exportadoras. O divisor de águas deste processo foi a criação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) em 1975, cujos diretores eram agroempresarios dirigentes de corporações ligadas à produção rural altamente mecanizada e internacionalizada, sobretudo a OCB e a ABAG.

Palabras claves: Estado Corporações Agrárias Pesquisa Agropecuária Brasil

Autores: DE MENDONÇA, SONIA REGINA (Universidade Federal Fluminense, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575