Logo

11790 - Roraima:confins do Brasil ou porta de entrada para o novo milênio?

A tríplice fronteira roraimense situada entre o Brasil/Venezuela/Guiana é um espaço de incógnita para quem o observa sem se deter em suas particularidades. É um espaço de múltiplas temporalidades, caracterizado pela peculiaridade étnica que o diferencia de outras áreas do Brasil, como também se caracteriza pela existência de uma população marcada pelo isolamento devido a sua posição geográfica em relação ao restante do pais. E, ao mesmo tempo incorpora elementos da modernidade através de espaços/atores privilegiados e conectados ao mundo global.

A centralidade geo-estratégica, caracterizada pelas saídas para o mar do Caribe e Oceano Atlântico, sempre foi considerada no discurso dos políticos locais ainda que políticas efetivas que viabilizassem a conexão destas saídas estratégicas nunca tenham se concretizado. Somente no final da primeira década deste novo milênio este espaço fronteiriço vem se constituindo em área preferencial para investimentos típicos da expansão capitalista, não obstante a ausência de elos fundamentais com setores primários e secundários da economia.

Dando continuidade às pesquisas que vêm sendo desenvolvidas no âmbito do Departamento de Geografia da UFRR, pretende-se neste evento, contribuir para a reflexão sobre as recentes transformações em decorrência dos novos processos migratórios e dos novos vetores econômicos de modernização associados ao processo de globalização, tendo como objetivo verificar se as antigas mazelas vivenciadas em outras áreas da Amazônia ainda se repetem em Roraima ou em que medida as políticas locais representam um avanço em relação ao passado.

Palavras-chaves: fronteira, globalização, migração, Roraima, cidadania

Autores: SILVA, ALTIVA Barbosa (UFRR, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575