Logo

6629 - Rupturas e Permanências nos processos de descolonização e de construção dos estados nacionais na região platina

A região da América Platina, no período pre-independencia, foi integrada por territorios coloniais pertencentes às duas metrópolis Ibéricas. O presente estudo tem como foco a então capitania luso-brasileira e depois provincia de Rio Grande de São Pedro, vista como espaço fronteiriço situado entre duas formações político-administrativas organizadas, de um lado por Portugal e de outro pela Espanha. Limites políticos decididos institucionalmente pelos respectivos governos metropolitanos não foram respeitados pela população estabelecida neste espaço, ensejando uma integração multi-facetada que interferiu quando a descoloniazação impôs a construção de estados nacionais na região platina como entidades soberanas. Relacionar o estatuto colonial vigente com os Estados nacionais a serem construídos constitue a centralidade deste estudo. Objetiva-se apontar não só as rupturas mas também as permanencias implícitas nesta construção, visíveis no processo histórico do Rio Grande de São Pedro, em que a fronteira e as relações sociais de poder estão presentes neste espaço fronteiriço platino que fortemente vivenciou esta fase de formação dos estados nacionais.

Keywords: Rio Grande de São Pedro, descolonização, construção do Estado Nacional, rupturas, permanencias

Author: Piccolo, Helga (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brazil / Brasilien)

Back

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575