Logo

5361 - Formação e fissão de grupos locais

Ao abordar a disposição espacial Guarani, este trabalho focaliza o processo de formação e fissão das parentelas nucleadas em grupos locais, operado pela sucessão geracional e o estabelecimento de relações de afinidade que combinados engendram, de modo sucessivo e concomitante, a constituição de novas unidades sociais e políticas de abrangência multilocal. São diversos os fatores intervenientes a serem considerados neste processo, tanto de ordem ritual, como ambiental e política. A pesar do contexto atual marcado pela intensificação do controle estatal em diferentes países sobre a mobilidade da população indígena, o presente trabalho permite evidenciar o delineamento dos movimentos espaciais Guarani forjado em articulações múltiplas entre redes de parentelas extensas e segmentos localizados que partilham vivências, memórias afetivas e histórias comuns no espaço geográfico que constitui seu território de ocupação tradicional mais amplo ( Yvyrupa ), fragmentado em instâncias administrativas locais, regionais e nacionais.

Palabras claves: Guarani, mobilidade, sociabilidade, grupos locais, Estado

Autores: Ladeira, Maria Ines (Centro de Trabalho Indigenista, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575