Logo

9943 - A reconfiguração de um ethos invisível: o indígena na identidade nacional brasileira

O trabalho será realizado em coautoria com Thiago Almeida Garcia - Doutorando UNB

A construção da nação sempre ocupou lugar de destaque na produção de intelectuais brasileiros de diversas gerações. A preocupação surge da necessidade de elaborar uma consciência nacional capaz de inspirar no povo o sentimento de identidade e de unir ao projeto de uma nação coesa uma imensa gama de povos e raças, com seus distintos costumes e tradições.

Desse caldeirão, onde indígenas, negros e portugueses foram pinçados como matéria-prima para a constituição da nação brasileira, surgiram teses que descrevem o Brasil como resultado de processos tais como: de superioridade portuguesa perante negros e índios (VARNHAGEN, [1954-57] apud REIS, 2009), de mestiçagem (FREYRE, 2000 [1936] e VON MARTIUS, 2001 [1845]), de heranças históricas coloniais (HOLANDA, 1973 [1936]), de evolução colonial (PRADO JÚNIOR, 1971 [1942]), dentre outras.

Para este trabalho, interessa remontar a aspectos trazidos por alguns autores para pensar o lugar dos chamados “índios” na construção da identidade nacional brasileira. O argumento aqui abordado é o de que os povos indígenas foram invisibilizados quando o assunto é a identidade nacional. Esta invisibilidade não se dá em seu papel histórico como um dos fundadores do Brasil, como assim sugere o mito das três raças (RIBEIRO, 1995), mas em seu papel real, como elementos que resistem, se reinventam e sobrevivem enquanto povos de culturas diferenciadas, povos que são concretos e atuais e que não se restringem apenas ao passado.

Nesse sentido, a reflexão é de como os povos indígenas brasileiros ressignificaram seu lugar na identidade nacional e passaram da concepção enquanto seres exóticos, inferiores, pertencentes ao passado ou elemento da miscigenação a cidadãos com direitos específicos e diferenciados. Como o Estado brasileiro foi se adequando às demandas indígenas e como estes povos foram reinventando seu lugar na sociedade nacional são questões que serão abordadas.

Palabras claves: Identidade brasileira, povos indígenas, política indigenista

Autores: Tavares, Clarissa (Universidade de Brasília - UNB, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575