Logo

11283 - Nas fronteiras: mobilidades xamânicas entre o Brasil e a Guiana Francesa

Um complexo cenário de relações (interétnicas, transfronteiriças, interindígenas, intercomunitárias, etc.) caracteriza a região de fronteira entre o Brasil e a Guiana Francesa, guardada pelo Rio Oiapoque e habitada por uma população indígena de mais de 6.000 indivíduos. Habituados a deslocamentos contínuos para os principais centros urbanos regionais (notadamente Oiapoque, Saint Georges, Macapá e Cayene), os Povos Indígenas do Oiapoque têm uma longa história de interações com aglomerados populacionais de brasileiros, créoles e Saramaká. Por conta disso, um número expressivo de famílias Karipuna, Galibi-Kali´na, Galibi-Marworno e Palikur coabita hoje a aldeia e a cidade em função dos novos postos assumidos na administração pública federal, estadual e local e ao melhor acesso à educação formal extra-aldeia. Tais circuitos têm proporcionado novos aportes de conhecimentos ao xamanismo regional, dinamizando, revitalizando e transformando práticas e ideologias xamânicas que dialogam com suas formas congêneres situadas, às vezes duplamente, do outro lado das “fronteiras”: territorial e simbólicas. Assim, os diálogos frequentes de pajés indígenas com oficiantes rituais não-indígenas como “gadôs”, “pajés brasileiros”, “pais-de-santo”, “mães-de-santo” e “benzedores” promovem transformações tanto no domínio ritual (marcado pelas sessões de cantos e cura e pela realização dos turés), quanto ideológicos (como, por exemplo, nas teorias etiológicas, nas categorizações dos Karuãna e na autonomização da agressão face à cura). A presente proposta pretende explicitar etnograficamente esta campo de relações e discutir a presença das novas formas de mediação que emergem nas “fronteiras” (entre sujeitos, práticas rituais, territórios, etc.), propondo refletir acerca das transformações do xamanismo regional e das novas modalidades que ele vem assumindo.

Palabras claves: Xamanismo; mobilidades; fronteira Brasil-Guiana Francesa; cidades

Autores: Andrade, Ugo (Universidade Federal de Sergipe, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575