Logo

5522 - Parentesco, palavra cantada e perspectiva na relação entre espíritos e os povos tikmu¿un

Os povos tikmũ’ũn , localizados na região norte do estado brasileiro de Minas Gerais, se relaciona de forma rotineira com os yãmiyxop - traduzidos pelos mesmos tikmũ’ũn como espíritos. Essa relação acontece por meio de um intercambio diário de festas, afetos, imagens, corpos e cantos. Os espíritos ( yãmiyxop ), andam em legiões, possuem aldeias e de tempos em tempos vêm às aldeias tikmũ’ũn . Cada um dos diversos coletivos de espíritos consiste numa modalidade diferente de relação com os tikmũ’ũn e são dotados de forças afetivas e estéticas particulares (TUGNY, 2008). São enunciados pelos tikmũ’ũn os seguintes povos-espírito: o povo papagaio ( putuxop ), morcego ( xunimxop ), gavião ( mogmoxop ), komayxop (espírito que atualiza uma relação de compadrio com os humanos), yãmiy (espírito), anta ( amaxux ), kotkuphi (espírito guerreiro associado à mandioca) e mimxuxxop (espírito-folha). Na relação que se estabelece entre humanos e espíritos, a palavra cantada é um meio importante de comunicação. Uma vez que na perspectiva tikmũ’ũn “quem canta são os espíritos” , é por meio da palavra cantada proferida pelos espíritos que os humanos apreendem o ponto de vista destes seres. Durante o período compreendido entre os meses de agosto a setembro de 2008 e de janeiro a fevereiro de 2009 realizei trabalho de campo em uma das aldeias tikmũ’ũn conhecida como Aldeia Verde. Durante esses meses, pude presenciar momentos de intensa interação entre os humanos e o povo-espírito-gavião. Ao traduzir, com o auxílio de pajés e professores tikmũ’ũn , alguns dos cantos entoados pelo espírito gavião pude notar a utilização de alguns termos de parentesco nos cantos entoados. Com base nos trabalhos de Álvares (1992) e Popovich (1981) sobre as terminologias de parentesco tikmũ’ũn , a proposta para esse simpósio é a de analisar o lugar que os espíritos-gaviões ocupam no parentesco tikmũ’ũn a partir dos termos de parentesco enunciados por esses espíritos em seus cantos.                  

Palabras claves: Etnografia tikmuun, palavra cantada, parentesco, perspectivismo ameríndio

Autores: Campelo, Douglas (Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575