Logo

6011 - Fronteiras e liminaridades nas experiências dos brasiguaios na região da Tríplice Fronteira (Brasil, Paraguai, Argentina)

A abordagem priorizará as situações de conflito e integração entre imigrantes brasileiros e população paraguaia e a dinâmica das classificações e das negociações das identificações étnicas, regionais e nacionais (paraguaios, brasileiros, brasiguaios, gaúchos, paulistas, nordestinos) na região de fronteiras entre o Paraguai e o Brasil. Conforme algumas estimativas, cerca de 350 a 450 mil brasileiros migraram para o país vizinho a partir do final da década de 1950, constituindo-se no maior fluxo migratório de brasileiros para um Estado limítrofe. Esse processo singular ocorreu a partir da junção de ações planejadas pelos Estados nacionais e de deslocamentos populacionais espontâneos. Os imigrantes formaram, ao longo das quatro últimas décadas, várias cidades onde predominam a língua portuguesa, os canais de televisão brasileiros, as músicas e tradições culturais do Brasil. O confronto entre os imigrantes, principalmente os produtores de soja, e os setores camponeses da sociedade paraguaia têm gerado conflitos de classe, étnicos, nacionais e civilizacionais, mas também novas formas de inserções culturais dos imigrantes na sociedade paraguaia. A imigração brasileira, a influência econômica do Brasil no Paraguai e a força dos meios de comunicação brasileiros no país vizinho ampliam a zona de contatos interculturais e de disputas de poder entre brasileiros e paraguaios. Essas situações fronteiriças e liminares são ambivalentes, tensas e permeadas por relações assimétricas de poder entre o país de origem dos imigrantes e a nação de destino e por representações de um passado de guerra entre os dois países, especialmente as referências atuais à Guerra da Tríplice Aliança (1865-1870).

Palabras claves: Fronteiras, conflito, integração, brasiguaios, imigrantes

Autores: Albuquerque, José Lindomar (Universidade Federal de São Paulo, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575