Logo

10868 - Das aldeias aos Museus: Participação indígena e trajetórias de seus objetos em lugares de memória

O trabalho ora apresentado pretende discutir o horizonte de participação indígena e de seus objetos nos Museus brasileiros nas primeiras décadas do século XX. Para tanto, partirei do estudo de um caso concreto: a expedição de Roquette-Pinto aos territórios das populações indígenas Nambiquara e Pareci, Serra do Norte/MT, em 1912; e, as trajetórias físicas e simbólicas que seguiu o material empírico recolhido pelo antropólogo nessa ocosião. Observando os atores sociais, os objetos e suas trajetórias, pretendo através desse trabalho explorar: 1. os critérios utilizados pelos atores sociais na conversão de objetos utilitários em patrimônio; 2. os usos e sentidos científicos de que tais objetos foram dotados, em alguns casos contribuindo para sua patrimonialização; 3 . e, por fim, o potencial que tais objetos (através da aplicação das probemáticas contemporâneas) tem e podem vir a ter na afirmação das identidades sociais emergentes quase cem anos após o seu recolhimento. Costurando esses três fios análiticos, apresento as pessoas e os circuitos de troca estabelecidos. Por isso, mais do que pensar em “objetos“ como unidades encerradas nos limites de sua materialidade, proponho refletir, em combinação com uma bibliografia clássica e recente (Marcel Mauss, Pierre Nora, Arjun Appadurai, Igor Kopytoff, Alfred Gell, Daniel Miller, Amiria Henare e outros), as redes de relações e o poder de agência que eles tiveram e continuaram a ter mesmo durante o período em que permaneceram esquecidos nas reservas técnicas. Em parte, como uma resultante do desinteresse da antropologia por objetos durante os dois quartéis intermediários do século XX e, para o caso brasileiro, aos critérios de indianeidade aplicados a essas populações durante o mesmo período. Trata-se, portanto, de dar vez e voz a esses objetos permitindo refletir sobre sua própria historicidade, apresentando assim as relações de poder que lhes deram e continuam a dar causa.

Palavras-chaves: Museus, Coleções Etnográficas, Antropologia, Identidades

Autores: Santos, Rita (PPGAS/MN/UFRJ, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575