Logo

10291 - Os Uchinanchu e sua rede intelectual

Uchina significa um cordão que flutua no mar. Os Uchinanchu eram exímios navegadores, se consideravam homens do mar. Ryukyu era conhecida como a terra da cortesia por manter intensas relações diplomáticas e comerciais com todo o sudeste asiático, a China e o Japão. Uchina (nome do reino quando se fala entre os uchinanchu) ou Ryukyu (nome do reino para estrangeiros) foi um reino independente até ser anexado ao Estado Japonês sob o nome de Okinawa-ken em 1879. A diáspora uchinanchu iniciou-se em 1899 tendo seus grupos se instalado em países como Brasil, Peru, Argentina, Cuba, México, Estados Unidos - Hawaí recebeu o primeiro grupo saído de Okinawa. Na universidade do Hawai em Manoa está sediada a rede de intelectuais Uchinanchu, abrigada no Center for Okinawans Studies. Um intenso intercâmbio para o estudo da língua e cultura Uchinaguchi e outros cursos como o de liderança pacífica são promovidos por esta rede de intelectuais. Sua editora University of Hawaii Press tem lançado livros sobre Okinawa e seus descendentes, como "Okinawan Diaspora", 2002, organizado por Naksone e Uchinanchu Diaspora, 2007, organizado por Chinen. Nos textos contidos nos livros vislumbramos um intenso interesse por parte destes intelectuais, uchinanchu em sua maioria, em pesquisar a sua história, memória e atual configuração enquanto um grupo disperso pelo globo em uma dinâmica migratória. A rede Mundial Uchinanchu se desdobra em uma rede comercial, a WUB - Worldwide Uchinanchu Business, a rede intelectual e em redes de apresentações culturais e folclóricas como os grupos de taiko Requios e RKMD - Ryukyu Koku Matsuri Daiko. A cada cinco anos esta rede global promove o festival mundial Uchinanchu, uma oportunidade aberta a todos os grupos dispersos em distantes países de conhecer a terra natal. Neste trabalho reflito sobre a produção e circulação de conhecimento nesta rede étnica onde pertencimento identitário cultural e interesse de pesquisa se mesclam e se impulsionam.

Palavras-chaves: Fluxo e produção de conhecimento, Globalização e migração, rede étnica global

Autores: Nitahara Souza, Yoko (UnB - Universidade de Brasília, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575