Logo

5179 - Religiosidade e conclusao da vida

Neste trabalho apresento, a partir de pesquisa etnográfica em congressos da recente especialidade em assistência em saúde a pessoas diagnosticadas como fora de possibilidades terapêuticas de cura - os cuidados paliativos - a importância do referencial religioso na construção de uma trajetória em direção à "boa morte", para profissionais de saúde. O pressuposto de uma assistência à "totalidade bio-psico-social-espiritual" implica na formulação de propostas de diferentes modalidades de atendimento às demandas "espirituais" de profissionais, doentes e de seus familiares. No trabalho examino não apenas as proposições que são implantadas em serviços de saúde da assistência pública brasileira quanto enfoco mais especialmente a construção de locais dedicados às práticas de reza ou meditação. A elaboração destes lugares é objeto de análise, por sua relevância no contexto nacional e internacional, o que evidencia que a centralidade do referencial religioso não se restringe ao contexto brasileiro. Indo além, a preeminência de uma religiosidade - que não significa necessariamente adesão a uma igreja - não confessional constitui um dos eixos do ideário dos cuidados paliativos, desde seus primórios, que datam do final da década de 60 e início dos anos 90, em países anglo-saxões. As novas formulações e produções em torno do tema são aqui examinados, a partir de dados de investigações qualitativas empreendidas nos últimos anos. Além disso, são efetuadas comparações entre o contexto brasileiro e outros países, a partir de observação etnográfica e do exame de pesquisas recentes de outros países sobre a temática. Nesse sentido, observam-se analogias e diferenças, tanto na prática assistencial quanto na formulação teórica em torno da conclusão da vida considerada ideal.

Palavras-chaves: Religiosidade, vida/morte, cuidados paliativos, saúde

Autores: Aisengart Menezes, Rachel (UFRJ, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575