Logo

7765 - Uma íntima hostilidade : as relações assimétricas entre Hupd¿äh e Tukano.

Propõe-se examinar as noções de hierarquia e reciprocidade nas relações assimétricas entre os Hupd'äh (Nadahup) e seus vizinhos da família linguística Tukano Oriental.  

Apresenta-se uma descrição etnográfica das diferentes formas de intercambio relacionadas à circulação de bens e saberes, de mercadorias e de rituais ao longo das redes de relação de que participam esses povos estreitamente relacionados por um mesmo sistema social e cultural.  

A observação etnográfica e a analise das diferentes modalidades de arranjo dessas relações e transações sociais revela que elas são fundamentalmente ambivalentes e se situam ao longo de um continuum que vai da intimidade ao hostilidade: busco expressar a qualidade ambivalente desta relação usando a expressão contrastiva de íntima hostilidade .  

Em seguida passa-se em revista os modelos descritivos e teóricos disponíveis na literatura etnológica sobre relações interétnicas assimétricas Hupdä’h/Tukano. Gostaria se de argumentar em seguida que esta forma específica de desigualdade social no Noroeste Amazônico não é estabelecida de acordo com a lógica jurídica que rege os direitos de propriedade e as relações contratuais, nem mesmo pelo do imperativo cultural da dadiva maussiana, mas sim sobre o acesso diferenciado aos recursos (materiais e imateriais) à força de trabalho e aos serviços de coletivos e grupos étnicos singulares, tal qual como se encontra narrada na mitologia e realizada na atualização deste, atualização que é passível de interpretações divergentes, circunstancias e de manipulações por parte de seus agentes.  

Enfim, busca-se apreender e conceitualizar o que Roy Wagner definiu como “modos de criatividade” nativos, ou seja o modo de pensar e praticar seu mundo social (relação de relações/rapport de rapports). Assim, talvez, o “pessimismo sentimental” dos indígenas do noroeste amazônico poderia ser englobado nestes “modos de criatividade” indígenas.

Palavras-chaves: Noroeste amazônico, Hupd¿äh e Tukano, rede de relações, valores hierárquicos, formas de reciprocidade

Autores: MORGADO-BELO, ERNESTO (Université de Paris Ouest Nanterre, France / Frankreich)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575