Logo

10469 - Os desafios éticos no diálogo intercultural da luta dos povos indígenas brasileiros pelo direito à saúde

A emergência das lutas etnopolíticas pelo direito a políticas diferenciadas no interior dos estados nacionais latinoamericanos gerou mobilizações indígenas em vários campos. Um deles é a luta pelos direitos à saúde. No Brasil, as lutas dos povos indígenas possibilitaram a implantação de um sistema público de atenção à saúde indígena; entretanto, ainda que ele represente um avanço, há dificuldades na implementação de um modelo culturalmente sensível de atenção à saúde. Este trabalho propõe a discussão de alguns desafios éticos no diálogo intercultural entre povos indígenas e a atuação profissional no campo da saúde, que fundada numa ética imaginada como universal, se concretiza num cuidado tecnicamente padronizado aos doentes, sem quaisquer considerações às suas singularidades culturais. Autores que atuam no campo da saúde indígena (Coimbra e Garnelo, 2005) apontam que a oferta de cuidado à saúde é fortemente impactada pelo conflito entre os valores de igualdade e individualidade que fundamentam a conquista de direitos de cidadania na sociedade ocidental e a organização das etnias das terras baixas sul-americanas, caracterizadas como sociedades de pessoas (e não de indivíduos) e marcadas pela tensão entre igualitarismo e hierarquia nos grupos de parentesco. Este é o caso específico das etnias do Alto Rio Negro, noroeste da Amazônia brasileira, objeto de interesse desta comunicação. Ali, o etnocentrismo das relações travadas entre profissionais de saúde e as etnias locais dificulta o reconhecimento e a valorização de outras éticas e sistemas de conhecimento, nega as dimensões culturais do processo saúde-doença, e deslegitima as práticas e conhecimentos indígenas e de seus especialistas de cura, impedindo o “ alargamento do discurso humano ” (Clifford Geertz, 1989:04) promovido pela antropologia. Co-autores: Luiza Garnelo e Sergio Rego

Palavras-chaves: diálogo intercultural, ética, saúde

Autores: Pontes, Ana Lucia (Fundação Oswaldo Cruz, Brazil / Brasilien)
Co-Autores: Luiza Garnelo; Sérgio Rego

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575