Logo

11230 - O ocaso do causo: uma experiência de simetrização narrativa

Deste modo, o resultado da oficina audiovisual nos possibilita alinhar – ou “simetrizar” - a prática local de “contar causos” à fórmula da narrativa etnográfica. Podemos dizer que o “conhecimento nativo” sobre a história local envolve uma determinada “experiência” de quem narra. E a noção buraqueira de “experiência” aproxima-se assim do se imaginou a respeito de uma “antropologia da experiência”: “tem uma dimensão temporal explícita na medida em que nós atravessamos (‘go through’) e passamos por (‘live through’) uma experiência, que então se torna auto-referente no gesto de contar (‘in the telling’)” (Bruner, 1986: 7). Isto não significa, porém, que se trate aqui de um “conhecimento” imaginado como “subjetivo”, mas antes que a prática de “contar causos” se constitui em uma troca de ‘perspectivas’, em uma produção de conhecimento necessariamente relacional.

Keywords: Narrativa; Sertão; Antropologia da experiência

Author: carneiro, ana (pPGAS/Museu Nacional/UFRJ, Brazil / Brasilien)

Back

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575