Logo

5852 - Índios da Amazônia na Inquisição do século XVIII ¿ Heresias e Etnogênese

No século XVIII, a Amazônia Portuguesa recebia a Visita do Tribunal da Santa Inquisição. Em 1763, estabeleceu-se no Grão-Pará a Mesa da Visita composta pelo Inquisidor e alguns funcionários. A Visita vinha à cata de heresias. Eram hereges todos aqueles que, embora cristãos, adotassem práticas e crenças que se contrapunham aos dogmas estabelecidos pela Igreja Católica. Estas práticas heréticas eram divididas em dois tipos de comportamentos condenáveis. Um deles dizia respeito a atitudes contra a fé; o outro correspondia a comportamentos contra a moral e os costumes. O tribunal da inquisição foi sempre uma verdadeira polícia das consciências e não foi diferente nesta sua última investida na América Portuguesa. No entanto, ao contrário das outras visitas, esta última tinha um caráter singular. Muito menos preocupada com as práticas judaizantes ou com os luteranos e calvinistas, esta Visita interessou-se por heresias relacionadas às superstições, feitiçarias, bigamias, blasfêmias, entre outras cometidas por uma maioria dos réus formada por índios convertidos ao cristianismo – índios cristãos . No entanto, o processo de conversão das populações destas indígenas gerou processos de apropriação da religião cristã e dos modelos de comportamento ocidental. A janela aberta pelos registros inquisitoriais possibilita visualizar o contexto complexo das redes sociais. Estas redes articulavam novas formas de relações coloniais entre ameríndios de diversas origens étnicas, índios cristianizados, mestiços, negros e população branca de origem européia. Produziam também novas identidades sociais e novos sistemas simbólicos compartilhados, além de rearticularem antigas formas de identidades étnicas que ganhavam novos significados. Esta reflexão tem por objetivo analisar essas novas identidades produzidas em razão da dinâmica das relações interétnicas utilizando como fonte privilegiada os registros inquisitoriais do Tribunal da Inquisição portuguesa.

Keywords: historia indigena, historia cultural da Amazonia, historia colonial da Amazonia

Author: Carvalho Jr., Almir (Universidade Federal do Amazonas, Brazil / Brasilien)

Back

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575