Logo

7221 - El paisaje como patrimonio cultural: naturaleza y sociedad. Una mirada desde el siglo XIX.

Esta comunicação trata de analisar a lógica que pautou as relações entre a sociedade e os recursos hídricos, considerando-se as propostas de acondicionamento, a partir das diferentes intervenções em duas bacias hidrográficas ao longo do século XIX. As áreas em questão são a bacia do baixo Guadalquivir (Andaluzia, Espanha) e a bacia do baixo Paraíba do Sul (Norte Fluminense, Brasil), sendo no entanto esta proposta se relaciona mais estritamente à primeira bacia. Esta proposta de estudos tem como eixo de análise a idéia da paisagem como Patrimônio Cultural, considerando-se as transformações em territórios dominados pela água. Com base na Arqueologia da Paisagem e da pesquisa histórica apoiada em fontes documentais, pretendemos analisar o tema de forma interdisciplinar. Esta proposta se vincula à uma série de atividades acadêmicas que venho desenvolvendo junto a Red Agua, Território y Medio Ambiente – ATMA, nos últimos anos.

Palabras claves: Cuencas Hidrográficas - Paisaje Cultural - Arqueologia - História

Autores: Teixeira, Simonne (UENF, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575