Logo

3363 - Ajustes espaciais na fronteira da Amazônia Setentrional: Interações do platô das Guianas

O debate sobre as áreas periféricas tem dispensado atenções que enfocam aspectos que perpassam, dentre outros, pela: sua inserção nas dinâmicas econômica regional, nacional ou global; sua dinâmica econômica local como reflexo de (des)articulações políticas locais; ou sua posição na divisão do trabalho nas mais variadas escalas. Quando essas áreas periféricas coincidem coma sua posição fronteiriça internacional, novas reflexões são exigidas, pois uma decisão local pode influenciar dinâmicas internacionais. Este trabalho artigo visa discorrer uma reflexão sobre as mudanças de enfoques da fronteira da Amazônia setentrional (em especial o caso amapaense, sua interação espacial entre Brasil e França no contexto sul americano),de periférica para estratégica, estimulando novos usos do território, pelos investimentos externos de empresas privadas e pelas políticas públicas, gerando espaços de restrição em oposição aos espaços de expansão; novas implicações geopolíticas, pelos recentes acordos diplomáticos entre Brasil e França (pós-1995) e novos conflitos decorrentes das reconstruções da fronteira. A hipótese aqui considerada indica que a condição periférico-estratégica amapaense é decorrente das ações de políticas públicas, estimuladas inicialmente pela justificativa da Defesa Nacional e, posteriormente, pela sua integração ao mundo globalizado e articulado em redes, mediante às constantes ajustes espaciais, executados e fortalecidos pelo Governo Federal. No que tange ao contato da periferia brasileira (na Amazônia setentrional, pelo Estado do Amapá) e com a ultraperiferia francesa (pela Guiana Francesa), as reflexões devem ser tomam um outro rumo, pois em ambos os casos não se configuram em áreas insulares, mas continentais.

Keywords: Amazônia; Platô das Guianas; Ajustes Espaciais.

Author: Porto, Jadson Luís Rebelo (Universidade Federal do Amapá - UNIFAP, Brazil / Brasilien)

Back

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575