Logo

4348 - A erotização das relações como móvel de identidade hipermoderna

Visamos refletir sobre os deslizamentos de sentido que a relação amorosa sofre na difícil integração do desejo dos indivíduos na ordem social. As imagens míticas do amor-paixão constituem inscrições simbólicas na cultura e nela circulam permeadas pela força de representação da problemática humano-existencial . O mundo moderno inaugurou um novo lugar para a escolha da parceria amorosa na vida social. A partir de poemas contemporâneos poderemos perceber como a hipermodernidade do séc. XXI reinaugura a possibilidade da intimidade como berço de uma subjetividade autônoma e livre, tanto na representação das relações homossexuais como heterossexuais. Refletiremos, a partir de análises textuais, sobre as estratégias em tornar a erotização da vida o móvel mais significativo das ações intersubjetivas na contemporaneidade.

Palabras claves: erotização, identidade, poemas contemporâneos

Autores: cyntrao, sylvia (universidade de Brasília, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575