Logo

3530 - A TIPOLOGIA MERCADO MUNICIPAL COMO ARTEFATO DO CENÁRIO CULTURAL E URBANÍSTICO NO CENTRO HISTÓRICO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

O artigo se orienta para o Mercado Municipal Praça XV, localizado no Centro Histórico da Cidade do Rio de Janeiro, no Brasil, destacando a sua importância na formação do espaço urbano a partir do início do Século XX e os fatores que contribuíram para o seu desaparecimento em meados do mesmo século. O artigo discute o significado desse mercado, ressaltando o seu papel como elemento relevante com funções sociais e culturais na história da formação da parte antiga da cidade. Busca-se discutir, ainda, a partir do caso específico do mercado e do seu desaparecimento, a importância de tipologias e usos comerciais como espaços não privatizados e populares, que geram possibilidades sociais e culturais, atuando como artefatos que contribuem para a identidade dos moradores com os centros históricos das cidades. Na pesquisa que dá origem a este artigo, os mercados municipais, inicialmente o Mercado da Candelária e, posteriormente, o Mercado Municipal Praça XV, se destacam desde o Século XIX como elementos arquitetônicos fundamentais na cidade do Rio de Janeiro, ajustados espacialmente e funcionalmente ao espaço público, com importante função na vida cultural da cidade. Apesar de contribuir consideravelmente com a identificação dos seus arredores como espaços populares, não elitizados, plenos de vitalidade, locais de vivências e de encontros, entre o final do século XIX e início do Século XX, determinadas tipologias e usos como mercados desapareceram. O Mercado Municipal Praça XVI, criado em 1908 em substituição ao antigo Mercado da Candelária, foi demolido e relocalizado fora do Centro Histórico no início da década de 1960. Além de esclarecer as motivações, os preconceitos com usos considerados inadequados e o contexto histórico das ocorrências geradoras de seu desaparecimento, o artigo se propõe a avaliar os projetos e planos urbanísticos, que interferiram no local do antigo mercado, determinando a sua expulsão.

Palabras claves: mercados públicos, espaços públicos, centros históricos, artefatos culturais

Autores: Rebouças França, Carolina (PPGAU/UFF, Brazil / Brasilien)
Co-Autores: Rezende, Vera (Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575