Logo

3428 - Temporalidade e memória: estratégias contemporâneas de identidade guarani

Os Guarani mantem contatos com a sociedade envolvente desde o século XVI, tendo sido convertidos ao cristianismo segundo o modelo civilizatório europeu. Sua importância linguística e cultural no Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai vem se acentuando, sendo vistos como um exemplo de resistência física e étnica, e detentores de um complexo sistema de conhecimento, tanto filosófico como astronômico. Este trabalho visa tratar das estratégias utilizadas pelos Guarani para a afirmação de sua identidade, face às políticas indigenistas estatais e às condições das relações inter-étnicas mantidas com a sociedade brasileira. Tratremos de temporalidade, ou, da relação dissimétrica entre a temporalidade guarani e a da sociedade brasileira. Veremos como, a partir da experiência da escola, os Guarani desenvolveram mudanças nas relações intragrupo; bem como, face à tradição e à novidade, se reportam à sua identidade, seja a que representam para si mesmo, seja a que mostram aos não-guarani.

Palabras claves: Guarani, Brasil, Escola, Tempo, Identidade

Autores: BORGES, Luiz Carlos (Museu de Astronomia e Ciências Afins/MAST, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575