Logo

6432 - Múltiplas faces do Porto do Rio ou onde reside a maravilha: a riqueza socioespacial da moradia popular

O objetivo do artigo é mostrar a riqueza das tipologias arquitetônicas e culturais na área portuária do centro da cidade do Rio de Janeiro, com ênfase nos espaços de moradia, entendida tanto em sua acepção física quanto social. Partimos da suposição que as propostas recentes apresentadas para a área não dialogam com a estrutura socioespacial constituída historicamente.  

De fato, um primeiro olhar sobre a região já indica uma variedade de tipologias de habitações que compreendem edifícios multifamiliares do final do século XIX ou início do século XX, vilas operárias de diferentes períodos, favelas, conjuntos habitacionais, ocupações recentes de edifícios ociosos entre outras. Os modos de vida abrigados nestas múltiplas possibilidades de morar no centro do Rio são igualmente variados. Esta assertiva contradiz a afirmação de que o porto é atualmente uma área degradada, revelando que o olhar daqueles que planejaram sua suposta revitalização, homogeneizou uma realidade muito complexa. Vale destacar nossa crença na possibilidade de diálogo entre o novo e o antigo: no próprio universo de tipologias habitacionais que enriquecem a estrutura urbana do Porto, destacamos exemplares icônicos da arquitetura moderna brasileira. Com isto queremos enfatizamos que nossa suposição não é reativa à ações de reabilitação urbana. Muito pelo contrário, entendemos ser necessário realizar investimentos públicos para a que cada vez mais seus espaços se constituam em cidade efetiva, o que significa transformá-la para todos.  

Para o desenvolvimento do artigo, partimos da descrição detalhada da diversidade socioespacial da moradia na área portuária do Rio. Em seguida, expomos as características das intervenções previstas no contexto do Porto Maravilha e de outros projetos relacionados, como o Porto Olímpico. A análise e reflexão sobre estas duas realidades, a existente e a projetada, nos leva à formulação de questões relacionadas ao futuro da área que já encontra-se em pleno processo de transformação.  

Palabras claves: Área Portuária, Rio de Janeiro, Centro Histórico, Habitação Popular

Autores: Pereira da Silva, Maria Laís (PPGEU/EAU/UFF, Brazil / Brasilien)
Co-Autores: Andrade, Luciana; Canedo, Juliana (PROURB/FAU/UFRJ, Rio de Janeiro, Brazil / Brasilien)

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575