Logo

11534 - Políticas Urbanas e Patrimônio Cultural: Paradoxos e Diálogos na Área Urbana Central do Rio de Janeiro

O tecido urbano da área urbana central do Rio de Janeiro está passando por um notável processo de transformação, no qual as demandas de conservação do tecido urbano preservado se confrontam com as do centro de negócios. Nesta área vislumbram-se significativos contrastes morfológicos: largas avenidas do séc.XX cortam estreitas vias do núcleo original; arranha-céus fazem o pano de fundo dos sobrados colonias preservados; e o burburinho de pessoas e veículos do horário comercial se transforma em suave murmúrio à noite. A designação do que deve ser preservado implica, dialeticamente, a definição de áreas onde se abrirá caminho para novos edificíos e espaços livres, novos modos de vida. A história urbana recente das grandes cidades ocidentais contemporâneas nos ensina que nem o preservacionismo radical, nem a tabula rasa resultaram na vitalidade das suas áreas centrais. A cidade do Rio de Janeiro passa por um momento singular com a implementação do projeto Porto Maravilha e os preparativos para a Copa do Mundo (2014) e as Olimpíadas (2016). As transformações em sua área central também tendem a se intensificar. A preservação de bens culturais não é consenso nesses projetos, como não o foi ao longo do processo histórico de formação da área central. Situações paradoxais evidenciaram as mudanças históricas de paradigmas: da preservação do monumento exepcional à conservação urbana; da restauração arquitetônica ao retrofit e reabilitação urbana. A priorização de projetos urbanos e do valor estético em detrimento das manifestações sócio-culturais levantou polêmicas ao longo do séc.XX e continua a levantar. Nosso objetivo neste trabalho é analisar como projetos urbanos e modelos de preservação convivem no diversificado tecido urbano da área urbana carioca.

Palavras-chaves: Rio de Janeiro, patrimônio cultural, centro histórico, urbanismo, projetos urbanos

Autores: de Lacerda Pessôa Borde, Andréa (PROURB / FAU / UFRJ, Brazil / Brasilien)
Co-Autores: Sampaio, Andrea da Rosa

atrás

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575