Logo

4677 - ENLACES CULTURAIS ENTRE BRASIL E ANGOLA: NÉLIDA PIÑON E PAULA TAVARES

Leitura comparativa de obras da escritora brasileira Nélida Piñon e da escritora angolana Paula Tavares, a partir de uma análise do uso da língua portuguesa, em tensão com línguas originárias do Brasil e de Angola.

A ficção de Nélida Piñon assume a contramão da língua e da História, buscando sempre uma maneira surpreendente e original de pensar e "re-escrever" o Brasil. Há na obra da autora uma obsessão pelas origens e trajetória da língua portuguesa. A escritora mostra que, no Brasil, a língua portuguesa, em contato com as línguas indígenas e africanas, adotou ritmos e saberes outros. Nélida denuncia como a colonização portuguesa impôs seu idioma, dizimando as populações autóctones, descaracterizando suas culturas e silenciando as línguas indígenas como, por exemplo, o tupi, entre tantas outras.

Já os textos de Paula, seguindo os ensinamentos dos mais velhos guardiães de histórias de Angola, realizam uma alquimia da língua portuguesa, transformando o corpo das palavras em vozes e gestos transmissores dos costumes de cultura e de sua terra, a Huíla, região pastoril do sul angolano.

Keywords: tradição, modernidade, cultura, Brasil, Angola

Author: Tindó Secco, Carmen Lucia (Universidade Federal do Rio de Janeiro/ UFRJ, Brazil / Brasilien)

Back

University of Vienna | Dr.-Karl-Lueger-Ring 1 | 1010 Vienna | T +43 1 4277 17575